Medindo corretamente o valor da tensão de saída em um No-Break

Na semana passada recebi  e-mail de um usuário, informando que realizou a medição do valor de tensão de saída em seu no-break, e no lugar de encontrar o valor de 120Volts, encontrou 80volts.

Na verdade, seu equipamento não apresenta nenhum problema e está fornecendo o valor correto. O método de medição é que está causando o erro, por não ser apropriado.

Vamos ver o que está ocorrendo:

A empresa concessionária de energia elétrica fornece energia para alimentar equipamentos a ela conectados. Esta é uma tensão alternada, senoidal, com forma de onda como mostro na figura abaixo.

Alguns equipamentos eletrônicos não necessitam de uma tensão de alimentação senoidal pura, com este forma de onda exatamente igual a forma acima, como é o caso do computador, monitor de vídeo e outros.

Outros equipamentos, tipo equipamentos eletrônicos de precisão, como por exemplo os utilizados pela medicina moderna,  equipamentos que tenham motores internos com rotação controlada pela frequência da rede elétrica, etc necessitam de alimentação por uma tensão senoidal pura, sem deformações, que poderão comprometer seu funcionamento.

Baseado nestes fatos, equipamentos de proteção tipo No-Break são fabricados para fornecerem saída em onda senoidal puro e saída em onda senoidal aproximada. A diferença de preço entre estes dois tipos de equipamentos é grande.

Na hora de especificarmos um sistema de No-Break devemos prestar muita atenção a este fator: será requerido ou não um sistema de No-Break com saída tipo onda senoidal pura?

Consulte sempre os manuais dos equipamentos que serão alimentados pelo sistema de No-Break, para obter esta informação.

De modo geral, os computadores pessoais não necessitam de alimentação por onda senoidal pura, por utilizarem fontes de alimentação do tipo fontes chaveadas. Assim, com a escolha do tipo correto de No-Break poderemos economizar alguns R$ na hora da compra de um No-Break com saída do tipo onda senoidal aproximada (Semi-Senoidal).

Na figura abaixo podemos visualizar o exemplo de uma onda senoidal aproximada e uma onda senoidal pura.

Agora que  já conhecemos a diferença entre onda senoidal pura e aproximada, para a correta medição de tensão em equipamentos de proteção com saída em  onda senoidal aproximada, tipo de saída utilizada pelos no-breaks de uso mais comum, necessitamos de medidor com características especiais: um Voltímetro  denominado Voltímetro True RMS.

Os voltímetros populares encontrados no mercado não são do tipo True RMS, indicando uma medição não exata  ao realizarmos medições em tensões tipo onda senoidal aproximada. Certamente os medidores não True RMS são bem mais baratos que os medidores do tipo True RMS

Nas fotos que tirei na minha bancada e que mostro abaixo, podemos ver ambos os tipos de voltímetros realizando medição na saída de um no-break tipo saída onda senoidal aproximada.

Na foto acima estamos realizando a medição na saída de um no-break APC modelo BE600-BR, indicado para uso em computadores pessoais e em pequenas empresas.

O medidor da esquerda, tipo True RMS indica o valor correto de tensão na saída do no-break, 116,6Volts.

O medidor da direita, tipo comum não True RMS indica um valor alterado, não verdadeiro de 96,2Volts.

 

Com mais detalhes, em outra medição que realizei, no medidor da esquerda podemos visualizar em sua parte superior a indicação True RMS Multimeter. Este é o tipo de equipamento correto para este tipo de medição.

Assim, se você necessitar adquirir um multímetro do tipo True RMS, ele deverá ter esta informação destacada em seu painel, bem como esta indicação em seu manual.

(Assine nossos blogs e os receba por e-mail)

……………………………………………………………….
Arnaldo Mefano
Computer Solutions
Prof. Universidade Estácio de Sá
 
Outras publicações do Mefano:
 
Boletim de Dicas do Arnaldo Mefano
Blog do Mefano

Siga nosso Twitter
Nosso FaceBook

About these ads

3 Respostas to “Medindo corretamente o valor da tensão de saída em um No-Break”

  1. jpamarcondes Says:

    Caro professor,

    Entendi perfeitamente o teor da matéria.
    Gostaria de saber se é possível utilizarmos alguma fórmula, a qual aplicaríamos ao valor de tensão obtido, quando fizéssemos uso de um voltímetro NÃO TRUE RMS?
    Obtendo, assim, o valor de tensão aproximado do verdadeiro.

    Antecipo agradecimentos,

    Jezimiel Marcondes
    jpamarcondes@yahoo.com.br
    Paulo Afonso/BA

  2. Homis Controle e Instrumentação Says:

    Parabéns pelo post, realmente bem intuitivo e didático. Material bem desenvolvido e completo.

    Este tipo de postagem é sempre bem interessante.

    Parabéns!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 527 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: