A tecnologia dos equipamentos digitais avança, porém a tecnologia de suas baterias, nem tanto

Atualmente com a necessidade do acesso as informações a qualquer momento, o uso de equipamentos portáteis se tornou um ponto de primeira necessidade.

Sempre carregamos nossos celulares conosco, não tanto pela necessidade de realizarmos ligações telefônicas, mas sim pela necessidade do acesso aos dados e informações.

Tablets se tornaram populares, pois são de pequenas dimensões e bem mais leves se comparados aos notebooks.

A todo momento, em qualquer lugar, sempre notamos alguém com seu celular na mãos, acessando suas informações. Dentro de elevadores, andando na rua, em restaurantes, etc, etc….

A tecnologia deste tipos de equipamentos avançou bastante, permitindo que os equipamentos tenham dimensões pequenas, podendo ser facilmente guardado dentro do bolso.

O grande problema passou a ser suas baterias.

O tempo de autonomia das baterias passou a não atender mais as necessidades dos usuários. Com diversos aplicativos instalados em seus celulares, que acessam a internet e dados em todos  momentos, o tempo de duração das baterias passou a ser pequeno, se comparado com nossas necessidades.

Como exemplo posso citar meu IPhone, normalmente realizo a carga de sua bateria 1 vez por dia. Se vou sair e ficar lonogo tempo fora da residência ou escritório, logo verifico a carga da bateria, e se esta estiver perto dos 50% realizo sua recarga. Em casos de necessidade, poderei precisar utilizar o telefone,  por longos períodos, o que causará a queda rápida da carga da bateria.

Há pouco tempo, após ministrar minhas aulas na universidade, 23:00h, cheguei ao meu carro e este não ligou. Bateria descarregada. Na verdade, ela entrou em curto.

Já no final de meu dia de trabalho, celular com pouca carga, tentei telefonar para o meu serviço de suporte.Logo o celular indicou que a bateria estava no final de carga e não seria possível continuar. Para minha sorte, tenho um outro celular da empresa, este um BlackBerry com poucos aplicativos instalados, e foi ele quem me salvou.

O fato não é relacionado ao BlackBerry ter uma bateria com carga superior ao Iphone e sim o fato de eu utilizar o IPhone e seus aplicativos a todo momento.

Conversando com diversos amigos e verificando fóruns e blogs, verifico que o nível de reclamações é bem grande.

Na verdade, se necessitamos de um “super” celular, quase um computador, para acesso Internet e aplicativos, devemos nos acostumar com a pequena duração de sua bateria.

Muitos usuários ficam impressionados com a versatilidade dos novos modelos de celulares e suas funções avançadas, se esquecendo de verificar qual a duração da bateria  informada pelo fabricante. Verifique também esta informações nos blogs de outros usuários.

Outros usuários configuram seu celular para ficar acessando a Internet a todo momento, atualizando inclusive sua localização física (GPS ligado), muitas vezes sem necessidade.

De modo a minimizar este tipo de problema, alguns procedimentos podem ser adotados.

>>Estando fora do local onde você acessa redes suas redes sem fio, desabilite o recurso Wi-Fi.

O mesmo vale para redes Bluetooth

>>Quando instalamos aplicativos,o sistema nos pergunta se queremos habilitar a função PUSH. Isto significa que o aplicativo ficará automaticamente atualizando seus dados.

Na grande maioria dos aplicativos, este recurso não será importante para você. Desabilite-o.

>>Ao instalar um novo aplicativo, verifique as opiniões dos usuários que já o utilizam.

>>Desinstale os aplicativos que você não utiliza.

>>A rede 3G é utilizada para o acesso a dados. Em condições onde você necessitará de longa duração da bateria, deixe o recurso 3G desabilitado. Estando o celular em modo Edge (E) ele continuará a acessar dados, porém de forma bem mais lenta.

Passando este período de necessidade, habilite o 3G novamente.

>>Verifique como está o ajuste do brilho da tela. Normalmente colocando-o em 50% será o suficiente para boa visualização.

Com nunca saberemos em quais momento teremos a necessidade de uso “pesado” do celular, tenha sempre em mãos um carregador extra. Mantenho sempre em meu carro um carregador, que já me salvou por diversas vezes.

(Assine nossos blogs e os receba por e-mail)

……………………………………………………………….
Arnaldo Mefano
Computer Solutions
Professor / Pesquisador Universidade Estácio de Sá
Outras publicações do Mefano:
Boletim de Dicas do Arnaldo Mefano
Blog do Mefano

Siga nosso Twitter Nosso FaceBook Nosso LinkEdin

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: